Lisboa 19 de Agosto, 2017

SOCIAL MEDIA
Media Sociais

Esta linha de investigação pretende estudar a relação entre as empresas e os consumidores através do uso dos media sociais. Considerando o lugar central que estes têm vindo a adquirir nas relações comunicacionais e os novos poderes que implicam, é importante perceber como é que as organizações lidam com esta nova realidade. Neste aspeto, remete-se para questões comunicacionais, mas também políticas, éticas e económicas. 


Projeto de Pesquisa: Gestão de Crise - Reação das empresas nas redes sociais

Contexto
Atualmente, as organizações têm de lidar com uma grade variedade de plataformas de media em termos comunicacionais. Quando uma crise acontece, os danos na imagem são multiplicados pela variedade de meios de comunicação disponíveis. Uma organização deve saber como lidar com este tipo de situação, considerando questões tecnológicas, comunicacionais e éticas. É possível listar vários tipos de aspetos que as organizações têm de gerir neste contexto: o novo poder dos utilizadores, a disseminação viral das informações, a individualização da tecnologia por meio dos dispositivos móveis, ou a globalidade de um sistema tecnológico mundial. Estas questões não podem ser ignoradas pela estratégia geral das organizações.

Questão de Investigação 
Como é que as empresas lidam com momentos de crise nas redes sociais? 

Ferramentas:
Estudos de caso com relevância, que têm tido algum impacto mediático, como os da Samsung-Pepa ou o do Sumol e seu gestor de página do Facebook. Análise de conteúdos às plataformas em causa, bem como entrevistas aos principais envolvidos.

Objetivos:
1) Identificar características comuns e distinguíveis nos diversos casos em análise;
2) Identificar uma tipologia das interações entre empresas e consumidores neste âmbito;
3) Verificar que tipo de estratégias as empresas seguem para reagirem a este tipo de crise;
4) Elencar possíveis estratégias para práticas cuidadas a este nível.
Tópicos estudados:
1) Relação entre projetos de comunicação empresarial e consequências não intencionais dos mesmos nos media sociais;
2) Origem, tipologia e rede dos efeitos virais;
3) Estratégias de reação às crises nos media sociais;
4) Processos de aprendizagem das empresas com os factos novos da inovação tecnológica a estes níveis.



Projeto de Pesquisa: A utilização dos media sociais nas diversas indústrias

Contexto
É já um lugar-comum afirmar-se que as redes sociais vieram trazer novas formas de comunicação às organizações. Mas esta realidade em permanente mudança continua a ser um desafio para as empresas. Por isso é necessários compreender esta questão de uma forma mais rigorosa, nomeadamente as características que cada sector da economia tem no que diz respeito a estas utilizações, considerando não só o seu negócio como também o seu público-alvo. Deste modo será possível oferecer linhas de ação às empresas mais condizentes com o seu mercado.

Questão de Investigação: 
1) Existem diferentes utilizações em função das indústrias e seus respetivos segmentos-alvo?
2) Quais as indústrias que mais beneficiam com este novo meio de comunicação?
3) Existem estratégias mais adequadas considerando determinada indústria?
4) Qual a especificidade do sector público comparando com o privado?

Ferramentas:
Inquéritos a grupos de empresas representativos e entrevistas a responsáveis de associações do sector, bem como de instituições públicas.

Objetivos
1) Fazer uma tipologia da utilização que os diferentes sectores fazem dos media sociais;
2) Averiguar da necessidade de estratégias diferenciadas;
3) Lançar linhas estratégicas para os vários sectores privados e público a este nível.

Tópicos estudados
1) Os diferentes sectores da economia e suas especificidades no uso dos media sociais em termos de carácter e intensidade;
2) A diferenciação sectorial nas estratégia de relação ao consumidor através dos media sociais;
3) Diferença entre sector público e privado no que a este uso diz respeito.

Coordenador: Pedro Xavier Mendonça
Participantes: António Rosinha, João Freire, Felipe Pathé Duarte, Rogério Canhoto
Telefone: (+351) 21 347 42 83
Fax: (+351) 21 347 42 88
SECRETARIA: secretaria@iscem.pt
Praça do Príncipe Real, 27
1250-184 Lisboa
PORTUGAL