DESCRIÇÃO GERAL

A Licenciatura em Comunicação Empresarial assenta em quatro domínios fundamentais: Comunicação, Marketing, Publicidade, e Informações e Imprensa, devidamente enquadradas por disciplinas do foro da gestão da empresa e do mundo actual, com vista ao bom entendimento das envolventes económicas, sociais e humanas em que a actividade do profissional de Comunicação, de Marketing ou de Publicidade se desenvolve.

3 anos

Lisboa

Setembro

Português

PLANO CURRICULAR

1º ANO
1º Semestre h/s ETC

Com. Empresarial e RP

Introdução ao Marketing

Técnicas de Comunicação

História e Filosofia da Comunicação

Jornalismo Escrito

Informática

4,5

4,5

4,5

3

4,5

3

6

6

6

3

6

3

2º Semestre
   

Psicossociologia do Consumidor

Economia

Métodos Quantitativos

Publicidade

Comunicação Intercultural

Técnicas de Jornalismo

Mini-projecto – Portas Abertas

3

4,5

4,5

3

3

3

2

3

6

6

3

3

3

3

2º ANO
1º Semestre h/s ETC
Comunicação Institucional
Planeamento de Marketing
Edição e Design
Jornalismo online e Radiofónico
Comunicação Comercial
Projecto de Comunicação – Atelier
Estágios
3
4,5
3
4,5
3
2
125 (Totais)
3
6
3
6
3
4
5
2º Semestre
Comunicação Interna
Estudos de Mercado
Organização Empresarial
Digital Marketing  
Comunicação de Produto
Projecto de Comunicação – Atelier
Estágios
3
4,5
3
4,5
3
2
125 (Totais)
3
6
3
6
3
4
5
3º ANO
1º Semestre h/s ETC
Jornalismo Televisivo
Comunicação Pública e Política
Direito da Comunicação
Comunicação de Eventos
Inst. Econ. e Políticas Europeias
Projecto de Comunicação – Atelier
Estágios
4,5
3
3
3
3
2
200 (Totais)
6
3
3
3
3
4
8
2º Semestre
Comunicação Estrat. Com os Media
CRM
Planeamento de Meios
Gestão de Recursos Humanos
Estratégia Empresarial
Projecto de Comunicação – Atelier
Estágios
4,5
3
3
3
3
2
200 (Totais)
6
3
3
3
3
4
8

CALENDÁRIO ESCOLAR

1º ANO

1º SEMESTRE
1º Semestre
 Período de Aulas
De 26 de setembro de 2019 a 22 de janeiro de 2020
 
 Férias do Natal e Ano Novo
De 21 de dezembro de 2019 a 05 de janeiro de 2020
 
Frequências do 1º Semestre
De 27 de janeiro a 07 de fevereiro 2020
 
 Exames do 1º Semestre
De 10 a 15 de fevereiro de 2020
2º SEMESTRE
2º Semestre
 Período de Aulas
De 17 de fevereiro a 19 de junho de 2020
 
 Férias de Carnaval
De 25 a 26 de fevereiro de 2020
 
 Férias da Páscoa
De 09 a 14 de abril de 2020
 
 Portas Abertas
De 15 a 24 de abril de 2020
 
 Frequências do 2º Semestre
De 24 de junho a 08 de julho de 2020
 
 Exames do 2º Semestre
De 13 a 22 de julho de 2020
 
 Exames de Setembro
De 01 a 12 de setembro de 2020

2º e 3º ANO

1º SEMESTRE
 
1ºSemestre
 Período de Aulas
De 16 de setembro de 2019 a 22 de janeiro de 2020
 
 Atelier- “Projeto de Comunicação”
De 06 a 15 de novembro de 2019
 
 Férias do Natal e Ano Novo
De 21 de dezembro de 2019 a 05 de janeiro de 2020
 
Frequências do 1º Semestre
De 27 de janeiro a 07 de fevereiro 2020
 
 Exames do 1º Semestre
De 10 a 15 de fevereiro de 2020
2º SEMESTRE
2º Semestre
 Período de Aulas
De 17 de fevereiro a 19 de junho de 2020
 
 Férias de Carnaval
De 25 a 26 de fevereiro de 2020
 
 Férias da Páscoa
De 09 a 14 de abril de 2020
 
 Atelier- “Projeto de Comunicação”
De 15 a 24 de abril de 2020
 
 Frequências do 2º Semestre
De 24 de junho a 08 de julho de 2020
 
 Exames do 2º Semestre
De 13 a 22 de julho de 2020
 
 Exames de Setembro
De 01 a 12 de setembro de 2020

PROPINAS

Ano Lectivo 2019/2020
1º, 2º, e 3º Anos.
(Em vigor a partir de 01 Julho 2019)
 
Matricula: 450,00 €
Mensalidade: de Setembro a Julho 370,00 € 
 
 
Outros Encargos
Seguro Escolar: 20,00 Euros
Declarações: 10,00 Euros
Certificados de Licenciatura: 60,00 Euros por cada ano
Diploma: 170,00 Euros (Prazo: até 10 dias úteis de entrega)
Carta de Curso: 170,00 Euros (Prazo: até 10 dias úteis de entrega)
Carta de Curso, Diploma, Suplemento ao Diploma e 3 (três) Certificados de Licenciatura: 300,00 Euros (Prazo:10 dias úteis de entrega)
Disciplinas em atraso: 60,00 Euros
Melhoria de Nota: 125,00 Euros
Exame 2ª Época em Setembro: 125,00 Euros
Pedidos de Equivalência/creditação por cada unidade de ECTS: 6,00 Euros
Programas para transferências: 20,00 Euros
 Recurso de Nota
Acesso à prova: 15,00 Euros
Revisão de Prova: 50,00 Euros
(a)Caso opte pagamento da totalidade das mensalidades usufruirá de redução de 5%.
Observações
 O aluno ao efectuar a matrícula declara que tomou conhecimento sobre :
  1. Tabela de Propinas do ISCEM
  2. Todos os pagamentos devem ser efectuados em terminal Multibanco (Caixas ATM) até ao dia 07 de cada mês;
  3. No caso de não cumprir com o ponto anterior serão aplicadas as seguintes penalizações:
  4. 10% de Multa entre o dia 08 e o dia 30 do mesmo mês;
  5. 20% de Multa entre o dia 1 e o dia 26 do mês seguinte;
  6. A PARTIR DO DIA 27 DO SEGUNDO MÊS SERÁ ANULADA A MATRÍCULA
  7. O aluno não está abrangido pelas disposições que impedem a inscrição num ano com mais de quatro disciplinas semestrais atrasadas, independentemente do ano curricular a que as mesmas se refiram;
  8. Todas as informações prestadas no Boletim de Matrícula são verdadeiras;
  9. Não estou matriculado(a) e não frequento nenhuma outra Instituição de Ensino Superior Público ou Privado.
  10. O estágio relativo ao ano em curso, só será válido aquando da minha matrícula no respectivo ano escolar

CONDIÇÕES DE ACESSO

REGIME NORMAL
REGIME NORMAL
 
 • Calendário de Candidaturas 2019/2020
1ª Fase: 03 de junho a 23 de julho de 2019
2ª Fase: 24 de julho a 16 de agosto de 2019
3ª Fase: 19 de agosto a 13 de setembro de 2019
4ª Fase: 16 de setembro a 25 de outubro de 2019
 
  • Divulgação de resultados

1ª Fase: até 25 de julho de 2019
2ª Fase: até 19 de agosto de 2019
3ª Fase: até 16 de setembro de 2019
4ª Fase: até 28 de outubro de 2019
(terão 5 dias para se matricularem)


 • Condições de Candidatura 2019/2020

Para a candidatura ao Curso de Comunicação Empresarial, os candidatos devem preencher cumulativamente as seguintes condições:
a) Titularidade de um diploma de ensino secundário ou equivalente
b) Obtenção, na prova de ingresso exigida pelo curso a que se candidatam, de classificação igual à classificação mínima.
 • Provas de Ingresso
a) Uma das provas: ou Português(código nº18);
ou Geografia(código nº09);
ou História(código nº11);

b) Os exames nacionais do ensino secundário realizados nos anos letivos de 2017/2018 e/ou 2018/2019, podem ser utilizados para satisfazer provas de ingresso que sejam exigidas para a candidatura à matrícula e inscrição no ensino superior, no ano letivo de 2019/2020; Ficha Enes de 2019;
c) Os exames nacionais do ensino secundário, podem ser utilizados como provas de ingresso no âmbito da candidatura à matrícula e inscrição no ensino superior no ano da sua realização, e nos dois anos seguintes. Deliberação nº1233/2014.

• Fórmula de Nota de Candidatura

a) Classificação final do ensino secundário, com um peso de 65%
b) Classificação da prova de ingresso, com um peso de 35%
c) Não há pré-requisitos

• Classificações mínimas fixadas

Em cumprimento do disposto no Decreto-Lei Nº 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelo Decreto-Lei Nº99/99, de 30 de Março e pelo Decreto-Lei Nº 26/2003, de 7 de Fevereiro, as classificações mínimas fixadas para selecção dos candidatos  são:
Nota Mínima da Prova de Ingresso: 9,5 valores
Nota Mínima de Candidatura: 9,5 valores
 • Número de vagas proposto
Em cumprimento do disposto no Decreto-Lei Nº 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelo Decreto-Lei Nº99/99 de 30 de Março, e pelo Decreto-Lei 26/2003, de 7 de Fevereiro, o número de vagas proposto:
COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL (9053) = 90 (noventa)Proposta
REGIME PARA MAIORES DE 23 ANOS
• Calendário de Candidaturas 2019/2020
1ª Fase
-  Inscrição de 06 de junho até 17 de julho;
-  Realização da prova de avaliação de conhecimentos e competências dia 19 de julho;
-  Realização da entrevista dia 22 de julho;
- Publicação dos Resultados Finais até 5(cinco) dias após a realização das provas de avaliação de conhecimentos e competências.
 
2ª Fase
-  Inscrição de 02 a 13 de setembro;
-  Realização da prova de avaliação de conhecimentos e competências dia 16 de setembro;
-  Realização da entrevista dia 18 de setembro;
- Publicação dos Resultados Finais até 5(cinco) dias após a realização das provas de avaliação de conhecimentos e competências.

 

Não é obrigatório serem titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente. 

De acordo com o Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de Março, foi definido um novo modelo de acesso ao ensino superior para os candidatos que tenham completado 23 anos até 31 de Dezembro de 2015. Face ao exposto, nos termos previstos no art,º 14 do Decreto-Lei nº.64/2006, de 21 de Março e restante legislação aplicável, o Instituto Superior de Comunicação Empresarial adopta este regulamento de provas a prestar por todos os candidatos que entendam apresentar candidatura.
REGIME DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL
• Calendário de Candidaturas 2019/2020
Divulgação das vagas (fase única) Início: 03/07/19  e  Fim: 31/07/19
Candidatura (fase única)  Início: 31/07/19  e  Fim: 27/09/19
Divulgação dos resultados (fase única)  Início: 02/10/19  e  Fim: 09/10/19
Matrícula e inscrição (fase única)  Início: 09/10/19  e  Fim: 16/10/19
 
Conceito de estudante internacional
1. Para os devidos efeitos, estudante internacional é o estudante que não tem a nacionalidade portuguesa.
2. Não são, todavia, abrangidos pelo disposto no número anterior:
a. Os nacionais de um Estado-membro da União Europeia;
b. Os que, não sendo nacionais de um Estado-membro da União Europeia, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 31 de agosto do ano em que pretendem ingressar na Universidade, bem como os filhos que com eles residam legalmente;
c. Os que requeiram o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso regulados peloDecreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro.
3. Não são igualmente abrangidos pelo disposto no n.º 1 os estudantes estrangeiros que se encontrem a frequentar a Universidade no âmbito de um programa de mobilidade internacional para a realização de parte de um ciclo de estudos de uma instituição de ensino superior estrangeira com quem a Universidade tenha estabelecido acordo de intercâmbio com esse objetivo.
4. O tempo de residência com autorização de residência para estudo não releva para os efeitos do disposto na alínea b) do n.º 2.
5. Os estudantes que ingressem no ensino superior ao abrigo do regime previsto no Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, mantêm a qualidade de estudante internacional até ao final do ciclo de estudos em que se inscreverem inicialmente ou para que transitem.
6. Excetuam-se do disposto no número anterior os estudantes internacionais que adquiram a nacionalidade de um Estado-membro da União Europeia.
7. A cessação da aplicação do estatuto de estudante internacional em consequência do disposto no número anterior produz efeitos no ano letivo subsequente à data da aquisição da nacionalidade.
 
Condições de acesso
1. Podem candidatar-se à matrícula e inscrição nos ciclos de estudos de licenciatura da ISCEM:
a. Os titulares de uma qualificação que, no país em que foi obtida, lhes confira o direito de candidatura e ingresso no ensino superior desse país;
b. Os titulares de um diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente.
2. A validação da titularidade referida na alínea a) do número anterior deve ser feita pela entidade competente do país em que a qualificação foi obtida.
3. À equivalência da habilitação referida na alínea b) do n.º 1 é aplicável o disposto nas portarias n.os 224/2006, de 8 de março, e 699/2006, de 12 de julho.
REGIME ESPECIAL

A candidatura ao ensino superior, através dos regimes especiais, realiza-se anualmente e pode ser apresentada para o ensino público ou privado. A Direcção Geral do Ensino Superior (DGES-CLICAR) coordena as respetivas ações relativas ao acesso e ingresso neste âmbito.A entrega da candidatura é efetuada, exclusivamente, de forma presencial, junto dos Gabinetes de Acesso ao Ensino Superior ou, por via diplomática, de acordo com o regime especial a que o estudante se candidata.Para mais informações sobre o calendário, as provas de ingresso e vagas, consulte a informação disponível na DGES para cada regime.

REGIME MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO

MEC- Portaria n.º 181-D/2015 de 19 de junho 

Portaria n.º 181-D/2015 de 19 de junho
 
Mudança de curso
Ato pelo qual um estudante se inscreve em curso diferente daquele em que praticou a última inscrição, no mesmo ou noutro estabelecimento de ensino superior, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior.
Documentos a entregar:
- Cartão de cidadão, Certidão de aproveitamento em unidades curriculares,Comprovativo dos exames nacionais ou Certificado do 10º, 11º e 12º
Transferência
Ato pelo qual um estudante se inscreve e matricula no mesmo curso em estabelecimento de ensino superior diferente daquele em que está ou esteve matriculado, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior.
Documentos a entregar:
- Cartão de cidadão, Certidão de aproveitamento em unidades curriculares, Declaração em como não se encontra prescrito
Reingresso (não sujeito a limitações quantitativas)
Ato pelo qual um estudante, após uma interrupção dos estudos num determinado curso  e estabelecimento de ensino superior, se matricula no mesmo estabelecimento e se inscreve no mesmo curso ou em curso que lhe tenha sucedido
Documentos a entregar: Cartão de cidadão
REGIME TEMPO PARCIAL
Ao abrigo da Lei do Financiamento do Ensino Superior (Lei nº 37/2003, de 22 de agosto, alterada pela Lei nº 49/2005, de 30 de agosto), que introduz no seu artigo 5º a figura de estudante a tempo parcial, aditado pelo Decreto-Lei 107/2008 de 25 de junho, e do Decreto-Lei nº 115/2013, de 7 de agosto (que procede à terceira alteração do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, com republicação), regulamenta-se o regime de estudante em tempo parcial no ISCEM.

PREPARADO PARA CANDIDATAR-SE?

O FUTURO COMEÇA AGORA!

PREPARADO PARA CANDIDATAR-SE?

O FUTURO COMEÇA AGORA!